Pages

18 de mai de 2017

Alguns cosplayers brasileiros


Danielle Vedovelli: Já falei dela no blog, mas é bom ressaltar mais uma vez.
Essa cosplayer talentosa mora em Capão da Canoa/RS e pratica taekwondo. E ao que parece treina muito bem. Não só pelos cosplays que faz mas pelas fotos no Facebook e Instagram. Só para os marmanjos babando nela, ela mora com seu noivo. 
Ela começou, a relativamente, pouco tempo no mundo dos eventos. Sua principal, e mais conhecida customização, é a Tifa Lockheart. Em diversos estilos.
A própria Danielle Vedovelli produz suas roupas. Por incrível que pareça ela não sofre muito assédio, mesmo sendo extremamente bonita. Isso mostra como o pessoal dentro de lugares assim respeita as pessoas que fazem cosplay. 
Ela visa o divertimento acima de tudo. E tem páginas em especial no Facebook e no Deviantart.

Shermie: Gabriela Almeida, natural de Brasília usa esse nome por conta de seu primeiro cosplay. A Shermie de The King of Fighters, do time New Faces. E muitos começaram a chama-la por esse nome em eventos ou até mesmo conhecidos na area de animes/mangás/cosplays. 

Verth: Mais um cosplayer que apareceu enquanto caçava cosplays no Instagram. Nesse caso, homens que fazem essa fina arte. Colecionador de brinquedos, toca guitarra, fã de metal, gosta de airsoft, cosplayers (em especial do Deadpool, e garoto fitness. Seu nome é Flávio Páscoa Gadelha. 

Yuki LeFay: É cosplayer desde 2000, já venceu diversos concursos por todo o país e participou como convidada de vários eventos pelo mundo. Yuki já interpretou mais de 80 personagens de games, animes, quadrinhos e filmes.
Em 2007, venceu a etapa brasileira do World Cosplay Summit, e representou o Brasil no maior concurso de cosplays do mundo.
Esteve em todas as edições da turnê brasileira do espetáculo internacional Video Games Live, que reúne música sinfônica e temas de videogames em um show multimídia, realizando performances no palco e apresentando o concurso de cosplay. 
Participou como convidada do desfile de uma Escola de Samba do Rio de Janeiro que homenageava a cultura japonesa. Fez parte da produção de um documentário para cinema sobre cultura pop japonesa no Brasil. Foi também uma das cosplayers convidadas a fazer parte do calendário beneficente Cosplay for a Cause 2012, que arrecadou fundos em prol das vítimas dos terremotos que ocorreram em março de 2011 no Japão.
Seus cosplays são sempre destaque em publicações no exterior e recentemente alguns de seus cosplays de personagens de HQs também foram inspiração para dois ilustradores em uma coleção de cards colecionáveis lançada pela Marvel!
Ela é frequentemente requisitada como convidada especial e juíza de concursos de cosplay em eventos por todo o Brasil e também em vários países no exterior. 
Yuki foi juíza da seletiva mexicana do World Cosplay Summit em 2010, e também da final do EuroCosplay, o maior concurso de cosplay da Europa em 2011, realizado dentro da London Comic Con.

Nenhum comentário:

Postar um comentário